Rádio Linear - A rádio de Vila do Conde
 
RADIO LINEAR NOTÍCIAS SUGESTÕES
   
 
 
Sabado | 15 | Junho
NOTÍCIA VOLTAR
Mau tempo deixa 20 famílias desalojadas na Ribeira Grande nos Açores
2024-06-04
PARTILHAR:
Vinte famílias tiveram de ser realojadas na Ribeira Grande, nos Açores, devido à forte chuva que se registou ao final da tarde de segunda-feira e que provocou também estragos em viaturas e estabelecimentos, disse hoje o autarca local.

"Seguramente temos mais de 20 casos registados de danos em moradias. Há também muitos danos quer em vias públicas, quer em viaturas", disse o presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, na ilha de São Miguel, à agência Lusa, acrescentando que "não há registo" de feridos.

Segundo Alexandre Gaudêncio (PSD), a situação ocorreu "entre as 17:00 locais (18:00 em Lisboa) e as 17:45 locais" de segunda-feira e, "no total, foram registas 44 ocorrências”, muitas delas inundações em moradias, “algumas das quais não ofereciam condições para que os agregados familiares passassem a noite".

O autarca da Ribeira Grande indicou que "a maioria dos realojamentos foram assegurados por familiares" e "apenas uma família teve de ser realojada num alojamento local".

O autarca disse também à Lusa que o "fenómeno atmosférico que se abateu sobre a costa sul da Ribeira Grande", apelidado de "tromba de água", provocou danos em viaturas, em concreto nas freguesias de Matriz e Riberinha.

"Ninguém estava à espera. Durante este período abateu-se sobre a Ribeira Grande uma carga de água na costa sul da cidade. A maior pluviosidade provocou um enchimento das linhas de água, nomeadamente na ribeira da Ribeira Grande e na ribeira da Ribeirinha, situação que fez com que as linhas de água transbordassem no centro da cidade e na freguesia da Ribeirinha, concretamente no lugar de Gramas e centro de freguesia", descreveu à Lusa Alexandre Gaudêncio.

Após uma primeira análise, realizada na segunda-feira, hoje a autarquia continua "com equipas no terreno para fazer o levantamento dos estragos", adiantou, explicando que, além da Câmara, têm estado no terreno desde a primeira hora meios das juntas de freguesia, bombeiros e PSP.

"Independentemente das nossas esquipas estarem no terreno, vamos disponibilizar ainda hoje um formulário ‘online’ onde qualquer pessoa pode enviar os danos que tiveram para que possamos rapidamente fazer essa contabilização e ativar rapidamente os meios que estão ao nosso dispor", indicou Alexandre Gaudêncio.

O presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande disse ainda que continuam os trabalhos de limpeza das vias.
 
 
 
 Radio Linear
@2024 Rádio Linear
ESTATUTO EDITORIAL | TRANSPARÊNCIA | CONTACTOS