Rádio Linear - A rádio de Vila do Conde
 
RADIO LINEAR NOTÍCIAS SUGESTÕES
   
 
 
Quarta | 04 | Agosto
NOTÍCIA VOLTAR
TdC: Resposta para o ensino à distância foi insuficiente
2021-07-22
PARTILHAR:

O Tribunal de Contas (TdC) recomendou ao Ministério da Educação a realização de um plano que garanta a substituição dos equipamentos informáticos obsoletos e um sistema que controle que cada aluno recebe apenas um kit.

Estas são duas das recomendações dos auditores do TdC, que analisaram o impacto do ensino a distância e da digitalização durante a pandemia de covid-19, e concluíram que foi dada "uma resposta rápida e adaptada à pandemia, mas limitada pela insuficiência de competências e meios digitais".

Os auditores analisaram como correu o acesso ao ensino dos quase 1,2 milhões de alunos do 1.º ao 12.º ano que, nos dois últimos anos letivos, tiveram de trocar a sala de aula por um ecrã e concluíram que o E@D foi - implementado em todas as escolas e anos de escolaridade - mas exigiu um "significativo esforço" de todos, "em especial dos alunos e professores".

No entanto, quando em março de 2020 as escolas fecharam as portas e os alunos foram para casa pela primeira vez "não estavam reunidas todas as condições para a eficácia do E@D".

Havia alunos e professores sem competências digitais, a maioria dos estudantes não tinha computador, havia dificuldades no acesso à Internet e as escolas confrontavam-se com equipamentos obsoletos.

Alguns estabelecimentos de ensino acabaram por emprestar equipamentos com mais de 15 anos, debatendo-se com dificuldades para comprar os acessórios necessários, como microfones ou câmaras, para que os alunos pudessem participar nas aulas online.

Os auditores consideram que "foi tardia" a autorização para a aquisição de 386 milhões de euros em meios digitais para as escolas: "Apenas em 16 de julho de 2020, e, portanto, sem impacto no ano letivo 2019/20, é que o Governo autorizou a realização da despesa para a aquisição de computadores, conectividade e serviços conexos a disponibilizar às escolas".

Quando as escolas voltaram a encerrar no final de janeiro deste ano "ainda não tinham sido disseminados os meios digitais para a retoma adequada do E@D".

Os equipamentos "só começaram a chegar aos alunos no ano letivo 2020/21" e a mais de 60% "só chegará no ano letivo seguinte?, refere o documento.

Para os auditores, a falta de meios digitais foi precisamente o maior obstáculo à operacionalização do ensino a distância.

E, neste processo, o TdC salienta a "solidariedade da sociedade em geral", com empréstimos e doações por parte das autarquias locais, associações e entidades privadas.
 
 
 
 Radio Linear
@2021 Rádio Linear
LEGISLAÇÃO | CONTACTOS