Rádio Linear - A rádio de Vila do Conde
 
RADIO LINEAR NOTÍCIAS SUGESTÕES
   
 
 
Quarta | 04 | Agosto
NOTÍCIA VOLTAR
Vila do Conde: Câmara quer envolver população nas apostas para o concelho
2021-06-09
PARTILHAR:

A Câmara de Vila do Conde vai envolver a população na execução do Plano Estratégico para o concelho, estando a preparar o envio de 38 mil inquéritos para que os munícipes manifestem as suas prioridades.

O documento, que em julho deste ano deve estar concluído, pretende fazer um diagnóstico do concelho e das suas necessidades, para projetar soluções para os próximos 10 anos, e, segundo a presidente de Câmara, "será o mais abrangente possível".

"Além das opiniões do executivo camarário, a nível coletivo e individual, já foram recolhidos contributos de todos os responsáveis e chefias dos serviços municipais, de quatro das maiores empresas do concelho e de seguida da população. Queremos que este seja o mais participado projeto de sempre em Vila do Conde", explicou Elisa Ferraz.

Os inquéritos serão enviados para todas as caixas postais do concelho [cerca de 38 mil], mas também podem ser acedidos pela via digital, e serão recolhidos de forma anónima.

Está também previsto o envio dos mesmos inquéritos para os partidos políticos e para as associações culturais, desportivas e recreativas do concelho.

Depois de recebidos os inquéritos, os dados serão processados e inseridos na versão final do documento, que segundo Elisa Ferraz "terá de se centrar nas pessoas".

"Entendemos que as políticas e ações para os próximos 10 anos terão de ser vocacionadas para a comunidade, abrangendo questões como a ação social, habitação, educação, saúde, melhoria das redes viárias, emprego e modernização digital do atendimento municipal. Tudo isso contribui para o bem-estar das famílias", analisou Elisa Ferraz.

Apesar dos contributos da população e das empresas, Elisa Ferraz, que se recandidata e novo mandato na liderança da Câmara nas próximas autárquicas, reconheceu que este Plano Estratégico Vila do Conde 2030 terá, também, uma vertente política, mas considera "redutor resumi-lo a isso".

"Sendo o projeto tão participado, ele vai refletir as ideias da nossa comunidade. Seja quem for que assuma a Câmara no próximo mandato, tem que olhar para este documento com algo que serve os vila-condenses", considerou a autarca.

Sobre a data apontada (mês de julho) para a divulgação dos resultados do Plano Estratégico, Elisa Ferraz lembrou que está relacionado com entrada em vigor do novo quadro comunitário de apoio, na sequência do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) nacional.

"Quando o novo quadro europeu sair, temos de estar preparados para o receber, com políticas e opções pensadas a nível municipal que possam ser desenvolvidas de acordo com a participação da população", concluiu Elisa Ferraz.

 
 
 
 Radio Linear
@2021 Rádio Linear
LEGISLAÇÃO | CONTACTOS