Rádio Linear - A rádio de Vila do Conde
 
RADIO LINEAR SUCESSOS NOTÍCIAS SUGESTÕES ENTREVISTAS
   
 
 
Quarta | 01 | Abril
NOTÍCIA VOLTAR
Vila do Conde assinalou Dia do Emigrante e assinou protocolos relacionados com as comunidades portug
2016-07-29
PARTILHAR:
Pela primeira vez, a Câmara Municipal de Vila do Conde organizou ontem, uma receção aos emigrantes, que encheram o Salão Nobre dos Paços do Concelho.
A cerimónia acolheu ainda a assinatura de dois protocolos relacionados com as comunidades portuguesas no estrangeiro e contou com a presença de José Luís Carneiro, secretário de Estado das Comunidades e Catarina Marcelino, secretária de Estado da Cidadania e Igualdade.
Após a abertura do Gabinete de Apoio ao emigrante em 2006, o protocolo de 2ª geração assinado ontem entre a Câmara de Vila do Conde e a Secretaria de Estado das Comunidades vem reforçar os serviços já existentes no Gabinete, com apoios económicos a emigrantes que queiram abrir negócios na região ou que queiram expandir os seus negócios nacionais para o estrangeiro.
O espaço, a funcionar no edifício dos Paços do Concelho, tem, agora, ao serviço uma equipa que envolve Finanças, Segurança Social, IAPMEI, Turismo e Gabinete de Apoio ao Investimento da Diáspora para dar resposta mais rápida aos problemas com que se deparam os emigrantes espalhados pelo mundo, como explicou o secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro.
A ideia, sublinha a presidente Elisa Ferraz, é que o Gabinete possa, a partir de agora, dar melhor resposta aos problemas que se colocam à nova vaga de jovens emigrantes que tem vindo a abandonar o país.
Foi ainda assinado em Vila do Conde um protocolo de cooperação entre a Direção-Geral dos Assuntos Consulares e das Comunidades Portuguesas, a Associação Mulher Migrante e o Alto Comissariado para as Migrações para a promoção da igualdade entre as comunidades.
A secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Catarina Marcelino, explica qual é o objetivo deste protocolo.
Vila do Conde abriu ontem o Gabinete de Apoio ao Emigrante de segunda geração. O espaço, que funciona nos Paços do Concelho, disponibiliza uma equipa que envolve Finanças, Segurança Social, IAPMEI, Turismo e Gabinete de Apoio ao Investimento da Diáspora para dar resposta mais rápida aos problemas com que se deparam os emigrantes espalhados pelo mundo.
O Governo quer alargar até ao fim do ano, a rede de Gabinetes de Apoio ao Emigrante, atingindo os 130 postos em todo o país, e ainda capitalizar investimento através do recém-criado Gabinete de Apoio ao Investimento da Diáspora.
 
 
 
Radio Linear
Radio Linear @2019 copyright M90 – Radiodifusão, Lda.
LEGISLAÇÃO | CONTACTOS