Rádio Linear - A rádio de Vila do Conde
 
RADIO LINEAR SUCESSOS NOTÍCIAS SUGESTÕES ENTREVISTAS
   
 
 
Segunda | 01 | Junho
NOTÍCIA VOLTAR
Números do Porto estavam duplicados tal como de outros concelhos
2020-03-31
PARTILHAR:


Dados da Direção-Geral da Saúde revelam apenas 78% dos casos notificados, por falta de "informação fidedigna". Depois de admitir duplicações na contagem de casos no Porto, DGS passa a apresentar apenas os dados do SINAVE, o sistema nacional de vigilância epidemiológica, no boletim diário.
Os últimos dados revelam que há 135 concelhos com, pelo menos, três casos confirmados de Covid-19. A explicação para este decréscimo prende-se com o facto de terem ocorrido duplicações na contagem do número de casos confirmados no boletim de segunda-feira.
A partir de hoje, e mesmo sabendo que a contabilização não será relativa ao total dos casos – nem acompanhará em simultâneo os dados reportados pelas autarquias, a DGS passa a disponibilizar apenas dados do SINAVE, sistema nacional de vigilância epidemiológica.
Lisboa (505) ultrapassa agora o Porto (462), seguido de Vila Nova de Gaia (338), Gondomar (298), Maia (293) e Matosinhos (273).
Vila Nova de Famalicão e Gondomar são os dois concelhos que registam maior aumento no número de casos de Covid-19, ambos com mais 22 infetados nas últimas 24 horas.
O relatório da situação epidemiológica em Portugal, com dados atualizados até às 24h00 de segunda-feira, indica que a região Norte é a que regista o maior número de mortes (83), seguida da região Centro (40), da região de Lisboa e Vale do Tejo (35) e do Algarve, que hoje regista dois mortos.
Na Área Metropolitana, o Porto tem 462; Gaia 338; Gondomar 293; Maia com 293; Matosinhos 273; Valongo com 210; Santa Maria da Feira 148; Oliveira de Azeméis tem 59; Santo Tirso 43; Paredes 42; Vila do Conde 34; Trofa 31; São João da Madeira e Espinho tem 25; Vale de Cambra 22; Póvoa de Varzim 15 e Arouca tem 12.
 
 
 
Radio Linear
Radio Linear @2019 copyright M90 – Radiodifusão, Lda.
LEGISLAÇÃO | CONTACTOS